11 de agosto de 2017

Eii pessoal, tudo bem?

E aí, o que acharam da indicação de Fragmentado? Mais “pesadinha” do que as anteriores, né?

Esta semana vamos continuar no clima de tensão para aqueles que gostam de suspense com o ”Chamada de Emergência” (“The call”, no original), de 2013.

Este filme tem um enredo simples e tenso. Temos a (maravilhosa!) Halle Berry como protagonista trabalhando como atendente do sistema de emergência da polícia. Começamos o filme acompanhando a rotina do escritório de emergências e já descobrimos um pouco da vida da protagonista. Apesar de estarem lidando com situações urgentes e tristes, os funcionários parecem lidar bem com isso e conseguem manter um ambiente de trabalho aparentemente normal… Até a protagonista receber uma chamada de emergência “marcante”.

Trata-se de uma garota pedindo socorro porque tem alguém invadindo sua casa e, então, acompanhamos a protagonista ouvindo todos os sons de arrombamento e entrada forçada e tentando ajudar a menina do outro lado da linha. Infelizmente, o resultado é o pior que poderia ser e a menina é sequestrada e, mais tarde, encontrada morta. Isso, é claro, tem um efeito devastador sobre a protagonista, que passa a ter dificuldades de lidar com seu trabalho por se culpar pela morte da menina.

Traumatizada com  a história por ter se conectado emocionalmente com a vítima e não ter cumprido as promessas que fez à mesma, acompanhamos, então, a Halle Berry se distanciando dos telefonemas e seguindo sua carreira como treinadora de novos atendentes de emergência. No entanto, isso não dura muito tempo.

Logo ela se vê cara a cara com outra chamada de emergência. Como se não bastasse ser uma chamada de outra garota sequestrada, a protagonista descobre que está confrontando o mesmo sequestrador que matou sua vítima anterior!!! E se tem uma coisa que ela não vai fazer, é desistir.

Não quero dar Spoiler do Chamada de Emergência Não!

Não quero dar spoilers, então vamos parando por aqui, mas a história só vai ficando mais e mais tensa, com muitos altos e baixos até o final. Espero que quem goste de suspense curta o filme! Mesmo já sabendo o desenrolar da história, toda vez que eu começo a assistir esse filme não consigo parar…

Comentem o que acharam da indicação e comentem lá no insta também @anaapelomundo!

Beijos e até semana que vem!

Escova Michel Mercier - 728x90 - 2





4 de agosto de 2017

Eii pessoal, tudo bem? Espero que tenham gostado da sugestão da semana passada! Saindo de indicações leves para uma mais densa, hoje vamos falar sobre “Fragmentado” (“Split”, no original). Esse thriller estreou este ano no Brasil e impressionou muita gente! Fragmentado trata de um tema que dá muito pano pra manga – o transtorno dissociativo […]



28 de julho de 2017

Eii pessoal, tudo bem? O filme da semana é “Perfeita é a Mãe!” E aí, o que acharam da sugestão da semana passada? Eu, particularmente, gosto muito do “Sorriso de Mona Lisa”! Me contem lá no insta @anaapelomundo o que acharam das últimas indicações  Esta semana será nossa primeira indicação com ar mais hollywoodiano. Vamos […]



23 de julho de 2017

Eii pessoal, tudo bem? Hoje é  dia de “O Sorriso de Mona Lisa”. Espero que tenham gostado da sugestão da semana passada!   A indicação de hoje vai nos levar de volta à década de 1950! Com a maravilhosa Julia Roberts interpretando uma professora de História da Arte no colégio Wellesley, o filme “O Sorriso de […]



14 de julho de 2017

Eii pessoal, tudo bem? Sou Ana Abreu (@anaapelomundo), a mais nova colaboradora do Blog para filmes e vou começar com o filme Que mal eu fiz a Deus? Deixa eu me apresentar primeiro. Tenho 24 anos, também sou de Itajubá e conheci a Andreza quando tinha 14. Desde novinha sempre fui aficionada por filmes. Meu programa de […]



6 de junho de 2011

Geeeeente! O trailer saiu e eu tenho que postar aqui para vocês. #VocêsMerecem Não sou uma fã fanática da Série, mas, assisti todos os filmes (não, não li os livros), mas também estou na expectativa de Amanhecer. Olha o Brasil que LIIIIIIINDO! E a cena da Bella Grávida? Claro, nem tem barriga ali, mas é gravidinha. […]